O Presidente do Governo manifestou-se esta sexta-feira, dia 21 de abril, confiante na criação do Centro de Investigação Internacional dos Açores (AIR Center), destacando a importância deste projeto internacional para a criação de riqueza e de emprego qualificado na Região.

“Eu tenho confiança que a criação deste centro será uma realidade. A necessidade de conciliar os interesses da quantidade de países que estão envolvidos é um trabalho árduo, mas estamos hoje mais perto do que estivemos ontem da criação deste centro”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo falava aos jornalistas na Praia da Vitória, que acolheu, quinta-feira e hoje, a reunião ‘Atlantic Interactions: High Level Industry-Science-Government Dialogue’, organizada pelo Governo da República, em parceria com o Governo dos Açores.

Segundo disse, os Açores, para além do dado objetivo que resulta da sua localização geográfica no meio do Atlântico, apresentam outros argumentos que aportam para um projeto desta natureza e desta importância, que tem uma componente de funcionamento em rede muito forte.

“O facto de em várias ilhas dos Açores se encontrarem equipamentos e instalações ligadas às áreas que são objetivo deste centro, como é a investigação da terra, do mar e do espaço, é, também, um dado importante no que tem a ver com aquilo que a Região pode trazer para AIR Center”, sublinhou.

Este encontro de alto nível, que juntou delegações de cerca de 30 países, com cerca de duas centenas de participantes, para debater a criação do futuro AIR Center, destinou-se a promover o diálogo entre governantes, investigadores e empresários com o objetivo de alinhar as estratégias de investigação dos países do Atlântico Sul e do Atlântico Norte para a cooperação internacional em áreas como as alterações climáticas, a energia, o espaço e o oceano.

DL/Gacs