açores-noticias-jornal-digital-Lagoa-cultura-temporada-musica-Teatro-Micaelense

A Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, promove, de março a novembro, nas nove ilhas dos Açores, a Temporada Artística 2014, cujo início ocorre sábado, 8 de março. 

Na sua maioria, os espetáculos são da área da música, erudita essencialmente, mas também tradicional, incorporando, no entanto, outras expressões, como a dança e as artes performativas, para além da formação. 

Integralmente programada com artistas regionais, procurando dar a conhecer a sua elevada capacidade artística, esta temporada apresentará um significativo número de excelentes músicos, bailarinos e atores, muitos deles já com sólidas carreiras, a que se juntam talentos emergentes. 

A Direção Regional da Cultura, sem querer substituir-se às instituições culturais com programação própria, nem aos projetos de caráter individual e associativo tradicionalmente implantados na Região, procura proporcionar, paralelamente, uma oferta cultural orientada para a abertura a novas propostas, quer aos públicos, quer aos artistas residentes na Região, e despoletar a criatividade e a inovação, envolvendo as comunidades e desafiando-as a participar numa dinâmica coordenada. 

A Temporada Artística 2014, além dos músicos residentes nas ilhas, vai contar com a atuação de antigos alunos das escolas de ensino artístico que atualmente fazem carreira musical a nível nacional e internacional como profissionais de renome, entre os quais a soprano Sandra Medeiros, os pianistas Paulo Pacheco e Diana Vieira, o violoncelista Rogério Medeiros ou os violinistas João Andrade e Rodolfo Vieira, presentemente a trabalhar em Chicago. 

O programa inclui ainda a atuação de finalistas das escolas superiores, como sejam a violinista Tamila Kharambura, presentemente a fazer pós-graduação na Áustria, a soprano Helena Ferreira, que está a terminar estudos na Alemanha, e o viola de arco Amadeu Resendes. 

Com repertórios bastante variados no domínio da música erudita, que vão do barroco à contemporaneidade, os concertos abrangem um leque bastante alargado de compositores, entre os quais Francisco de Lacerda e Eurico Carrapatoso. 

Entre os eventos programados, por se tratar de um género menos frequentemente apresentado nos Açores, merece destaque a ópera “La Serva Padrona”, do compositor italiano Giovani Batista Pergolesi, que será levada à cena em quatro ilhas dos Açores, numa interpretação de oito jovens açorianos. 

Haverá ainda lugar para a música tradicional, com a realização de concertos protagonizados pela Associação de Juventude Viola da Terra em diversas ilhas, dando a conhecer as diferenças existentes a nível do instrumento, mas acima de tudo a riqueza cultural que lhe subjaz. 

Estes eventos serão acompanhados de momentos de debate, reflexão e formação com tocadores e construtores locais. 

A Temporada Artística 2014 irá também associar-se às comemorações dos 50 anos do Conservatório Regional de Ponta Delgada, que decorrem ao longo deste ano, integrando ‘masterclasses’ destinadas a alunos, bem como dois concertos realizados por antigos alunos que, trabalhando em diferentes locais, se irão juntar em Ponta Delgada para celebrar a música. 

Desde há duas décadas, os Conservatórios da Região começaram a receber músicos estrangeiros para o ensino artístico especializado e muitos desses fixaram-se nos Açores, por diversas razões, e adotaram estas ilhas como segunda pátria. 

Hoje colhemos os frutos desse investimento no ensino da música, contribuindo esta Temporada para um melhor conhecimento do público em geral destes mesmos músicos. 

A Temporada Artística tem início sábado, no Teatro Micaelense, pelas 21h30, com a apresentação de “Singular”, um espetáculo de dança contemporânea, coreografado e interpretado por Maria João Gouveia e concebido com Filipe Carneiro e Hugo França, que pretende ser um espaço de reciclagem criativa pessoal, desmontando as três áreas de criação do espetáculo: Dança, Vídeo e Som.

DL/GaCS