Açores-operario-divisão-nacional-Futsal

A Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura (SRECC) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deverão assinar em breve um protocolo de cooperação com vista à criação, a partir da época desportiva de 2015/2016, de uma nova Série Açores do Campeonato Nacional da 2.ª divisão de Futsal. 

O modelo de disputa a vigorar assenta na participação de oito equipas que, numa primeira fase, jogarão todos contra todos a duas voltas e, numa segunda fase, com duas séries, uma de subida com seis equipas no sistema de todos contra todos a duas voltas, e outra de descida com sete equipas que jogam no sistema de todos contra todos a uma volta. 

O que foi agora acordado entre o Governo dos Açores, as associações regionais de futebol e a Federação Portuguesa de Futebol é um modelo muito vantajoso, de reconhecimento do desempenho desportivo das equipas dos Açores, permitindo um maior número de equipas no último nível competitivo nacional. 

Este acordo, que foi alcançado após várias reuniões entre a Direção Regional do Desporto (DRD), as associações de Futebol dos Açores e a FPF, visa “consolidar a posição de referência do desporto açoriano no contexto nacional e internacional”, um objetivo expresso no Programa de Governo. 

A ação da DRD foi norteada na consideração de que os modelos competitivos de disputa das competições nacionais são elementos de referência para o desenvolvimento de cada modalidade e devem ser o mais adequado possível às diferentes realidades de expressão territorial. 

As reuniões visaram alcançar o modelo de organização competitiva da competição nacional de Futsal mais adequado à Região, tendo sido entendimento generalizado que a evolução da prática desta modalidade nos Açores é indicadora de uma grande evolução quantitativa, mas também qualitativamente significativa. 

Devido a restrições regulamentares, os consensos agora alcançados apenas deverão entrar em vigor na época desportiva de 2015/2016, pelo que na próxima época desportiva, 2014/2015, serão apoiadas quatro equipas na segunda divisão nacional de Futsal e vigorará uma Zona Açores de âmbito regional com a participação de oito equipas.

DL/Gacs