PSD-Lagoa-CPC-Concelhia

A Comissão Política Concelhia (CPC) do PSD e JSD Lagoa assinalou, esta sexta-feira, o feriado municipal do concelho de Lagoa com uma deslocação à Cerâmica Vieira.

Considerando a Cerâmica Vieira como um dos valiosos patrimónios industriais e artísticos existentes no concelho, a Comissão Política Concelhia do PSD e JSD Lagoa decidiu marcar o feriado municipal de Lagoa com uma deslocação àquela empresa, que já conta com 152 anos de existência.

Ciente da importância da Cerâmica Vieira ao nível turístico e da manutenção dos postos de trabalho, Rui Meneses, presidente da CPC do PSD Lagoa, parabenizou Manuela e Teresa Vieira pelo trabalho que têm vindo a desenvolver ao longo de mais de um século na Lagoa, realçando a necessidade de serem criadas no concelho todas as condições para que as empresas se mantenham em sã actividade, evitando assim mais despedimentos e o consequente aumento do número de desempregados no arquipélago e na Lagoa.

Preocupado com a elevada taxa de desemprego nos Açores, e, por arrastamento, também no concelho de Lagoa, Rui Meneses lembrou que “não há emprego, sem empresas”, ressalvando ainda que também não haverá “empresas se não forem criados incentivos para a fixação das mesmas no concelho”, referiu.

Rui Meneses acredita que só será possível desenvolver a economia local e criar mais postos de trabalho com uma política mais dinâmica “capaz de captar novos investimentos para o concelho”, não esquecendo os parques industriais existentes na Lagoa que “carecem de um olhar atento por parte da autarquia”, disse.

Olhando para a Cerâmica Vieira como um exemplo a seguir, o presidente da CPC do PSD Lagoa recordou que esta fábrica já vai na sua quinta geração familiar, mantendo activos actualmente nove postos de trabalho.

DL/PSD