Açores-noticias-Lagoa-jornal-diário-Concurso-premio-Daniel-Sa

A primeira edição do Prémio de Humanidades ‘Daniel de Sá’, instituído pelo Governo dos Açores em homenagem ao escritor e pensador açoriano falecido em 2013, recebeu 24 trabalhos candidatos, anunciou a Direção Regional da Cultura.

O prémio visa distinguir, a cada biénio, nos anos pares, uma obra inédita escrita em português por autor nacional ou estrangeiro, nas categorias de Literatura, Linguística, História, Filosofia, Sociologia e Antropologia.

As obras candidatas, que tiveram como prazo limite para a entrega dos trabalhos o dia 2 de março, data em que se assinala o nascimento de Daniel de Sá, vão ser agora apreciadas por um júri constituído por cinco personalidades de reconhecido mérito nas áreas a concurso.

Carlos Reis, da Universidade de Coimbra, Avelino Meneses e Rui Sousa Martins, da Universidade dos Açores, João Saramago, investigador no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, e o escritor João de Melo constituem o júri deste prémio.

O regulamento do prémio, segundo a Direção Regional da Cultura, deverá vir a ser corrigido, na “sequência de diversos reparos considerados oportunos”.

Nesse sentido, “será proposta, para futuras edições, a supressão da temática ‘Açores’ e o limite do número de páginas, para não estabelecer qualquer condicionante à criação”, adiantou a Direção Regional.

DL/GaCS