(c) Gacs
(c) Gacs

A Secretária Regional da Solidariedade Social, Piedade Lalanda, revelou que o Governo dos Açores defende a criação de uma estrutura regional de acompanhamento das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) em Risco, atendendo à sua importância no acompanhamento destas crianças e jovens. 

A iniciativa surge na sequência das declarações de Piedade Lalanda, em dezembro, no encerramento do Encontro Regional das CPCJ, em Ponta Delgada, onde manifestou o apoio do Executivo às comissões regionais e a sua importância no acompanhamento às crianças e jovens em risco, bem como às suas famílias. 

Para a responsável pela pasta da Solidariedade Social, a nova estrutura regional irá certamente permitir um acompanhamento de proximidade a todas as comissões, incluindo a formação dos técnicos, sem deixar de articular com a estrutura nacional nos termos do enquadramento legal. 

Piedade Lalanda lembrou ainda que está previsto no final deste ano mais um encontro das comissões a nível regional. 

A Secretária Regional frisou ainda que a missão das CPCJ “é defender os direitos das crianças e jovens, devolvendo-lhes as condições necessárias ao desenvolvimento das suas competências como pessoas e como cidadãos de pleno direito”.

DL/GaCS