Mais de quinhentos cães foram vacinados e identificados eletronicamente através da colocação de chip. Esta iniciativa decorreu entre os dias 21 a 25 de agosto no âmbito de uma campanha gratuita organizada pela Câmara Municipal de Lagoa.

Recorde-se que, a legislação em vigor na matéria prevê que a identificação por meio eletrónico é obrigatória e deve ser realizada pelo detentor do animal entre os 3 e os 6 meses de idade, sendo que o não cumprimento é uma infração punível com coima, aplicada pela GNR, através do Núcleo de Proteção do Ambiente, situação que tem ocorrido diversas vezes no concelho. Sendo esta uma obrigação de todos os cidadãos, na verdade a maioria das pessoas está numa situação de incumprimento e esta foi uma medida que o município, de forma gratuita, realizou nas freguesias do concelho.

A autarquia considera que este terá sido o primeiro passo que deve ser dado para garantir uma efetiva defesa dos direitos dos animais: a possibilidade de identificar e vacinar os cães e por seu turno prevenir-se o abandono dos animais.

A campanha decorreu no Centro Comunitário da Ribeira Chã, no Polidesportivo de Água de Pau e no Parque de Máquinas da Câmara Municipal de Lagoa.

DL/CML

Share