Sergio-Avila-governo-açores-diario-Lagoa

O Vice-Presidente do Governo dos Açores anunciou que, a partir de 1 de setembro, o Executivo vai comparticipar em 90% os custos do transporte de produtos de todas as ilhas do arquipélago até ao seu destino final, numa medida que pretende contribuir para o aumento da competitividade das empresas açorianas. 

Sérgio Ávila, que falava sexta-feira à noite, no encerramento do I Encontro Empresarial da Diáspora dos Açores, frisou que este apoio reforçado visa “anular a barreira da dispersão e contribuir para que não seja a distância, não sejam os transportes a justificar a condição de falta de competitividade”. 

Na sua intervenção, Sérgio Ávila anunciou também que, no âmbito dos novos programas de incentivos, a comparticipação do Governo nos investimentos vai passar a ser não só no “investimento corpóreo”, equipamentos e infraestruturas, mas também, “com a mesma intensidade de esforço”, no investimento das empresas em recursos humanos. 

“Queremos, nos Açores, que o investimento em infraestruturas seja tão importante como em recursos humanos porque só assim se conquista o futuro da Região”, afirmou, acrescentando que o novo sistema de incentivos, que entra em vigor a 1 de julho, “inovador” no contexto europeu, vai apoiar as empresas em investimentos iniciais, mas também para otimizar a atividade das que já fizeram os seus investimentos para iniciar a atividade. 

Sérgio Ávila salientou que foram criados sete programas, visando o apoio ao investimento, comercialização, transporte, inovação, aposta em novas tecnologias e desenvolvimento dos recursos humanos, que considerou serem a “principal riqueza”. 

O Vice-Presidente agradeceu a presença dos empresários da diáspora, salientando que “demonstraram assim o seu interesse e empenho no desenvolvimento da Região”, elogiando também a adesão dos empresários açorianos, “que afirmaram, deste modo, a sua vontade em contribuírem para a construção desta ligação que une os Açores ao mundo”.

DL/Gacs