Governo dos Açores implementa consulta multidisciplinar inovadora no tratamento de feridas

O  Secretário Regional da Saúde revelou que está a ser implementado na Unidade de Saúde de Ilha de S. Miguel, um projeto de consulta multidisciplinar inovador relativo ao tratamento de feridas.

Luís Cabral realça que “este é um sistema de abordagem à pessoa com úlcera de pressão diferente do que era habitual”.

Este plano foi “iniciado no Centro de Saúde de Ponta Delgada, através da equipa multidisciplinar de Ponta Delgada, que obteve muitos bons resultados”, destaca o governante.

Atualmente, e de forma progressiva, este projeto, segundo Luís Cabral, está a ser implementado em outros centros de saúde de S. Miguel, para que os doentes “possam beneficiar deste tratamento e desta abordagem multidisciplinar, com resultados muito concretos, que foram dados a conhecer”.

Estas conclusões, para o Secretário Regional da Saúde, são motivo de regozijo “não só naquilo que é o serviço aos utentes, mas também na taxa de cicatrização, que passa de 33 para 70% nestes casos e, aparentemente, com uma redução de custos de tratamento anual, ou seja, conseguimos conciliar três fatores positivos neste projeto”.

Por outro lado, segundo disse, “esta consulta tem um aspeto importante, não se limita ao tratamento de uma ferida, destina-se sim a uma abordagem sistematizada à pessoa com úlcera de pressão”.

Luís Cabral salientou que o que se pretende do Serviço Regional de Saúde é que as pessoas façam o seu trabalho de forma dedicada, humana, mas também científica, considerando que estes enfermeiros “conseguiram hoje demonstrar que, com uma humanidade sem paralelo e com uma proximidade ao utente, é possível aplicar aquilo que cientificamente está mais correto, permitindo demonstrar também, do ponto de vista científico, que há poupanças neste processo”.

DL/Gacs

Share