(c) Direitos Reservados
(c) Direitos Reservados

A Escola Secundária da lagoa está a desenvolver, durante este mês de fevereiro, um projeto denominado “Geocaching – um jogo de aventuras”, com várias turmas do 3º ciclo e do secundário.

Trata-se de um projeto que está a ser organizado pelos professores de matemática, José Eduardo Carreiro e Luís Filipe Machado.

Segundo os organizadores, este é um projeto que tem por objetivo pensar a escola como um lugar de desafios pessoais; conhecer a religiosidade popular e viver a experiência das romarias; valorizar a realidade das romarias quaresmais; criar um espaço de reflexão e comunicação; realizar uma caminhada de descoberta de sentido e afirmação de fé e valorizar a identidade e espiritualidade açoriana.

No âmbito das várias atividades a desenvolver, destaque para a conferência sobre o tema, a realizar esta quarta-feira, dia 19 de fevereiro, no anfiteatro da escola, onde estarão presentes várias turmas desta escola do 3º ciclo e do secundário, assim como outros alunos, funcionários e docentes que praticam o Geocaching.

Nesta conferência serão oradores o professor Nuno Fonseca, geocacher e detentor do prémio GeoPt 2012 – melhor cache do arquipélago dos Açores; Pedro Almeida, autor da primeira cache/ jogo wherigo nos Açores; e Pedro Almeida Maia autor das obas “Bom Tempo no Canal” e “Capítulo 41”, esta última um romance de aventuras que envolve o geocaching.

Durante o mês de fevereiro também serão realizadas duas “saídas de campo/visitas de estudo”, relativas ao tema do projeto, sendo uma delas ao Expolab.

 DL