Encontro Acolitos Lagoa Açores-Jornal Diario da Lagoa2016-Bispo Dom João Lavrador

O novenário de Nossa Senhora da Conceição, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, que se celebra até dia 7 de dezembro, devolve o clima de festa ao Santuário de Nossa Senhora da Conceição, que em 2017 celebrará 30 anos.

Este ano, a festa de Nossa Senhora da Conceição, contará assim com a ordenação de dois diáconos, uma celebração que não acontece há dois anos neste Santuário.

Durante os nove dias que antecedem a festa da Imaculada Conceição o sacramento da reconciliação será celebrado diariamente a partir das 18h30; segue-se o terço às 19h30 e Eucaristia às 20h00, pregada pelo padre Tiago Tedéu, da ilha do Faial.

No dia 3 de dezembro, será celebrada uma vigília noturna animada pelo Movimento Equipas de Nossa Senhora.

No dia 7 de dezembro, as atenções estão centradas nas escolas, nos jovens e nos idosos. Entre as 10h45 e as 19h30 serão celebradas três eucaristias, para as escolas, funcionários dos serviços públicos (uma tradição que se mantém) e Seminário Episcopal de Angra, responsável pela animação litúrgica das vésperas.

No dia 8, na Solenidade da Imaculada Conceição, a festa recomeça com a alvorada pela Fanfarra Operária, às 7h45 seguida da celebração da Eucaristia, animada pela Fanfarra Operária, Legião de Maria e Caminhantes de Nossa Senhora da Conceição. Às 9h00 é celebrada a Eucaristia em intenção dos bombeiros voluntários e depois a da catequese e batismos. Ao meio dia será celebrada a Eucaristia com a Confraria de Nossa Senhora da Conceição. As missas prosseguem durante a tarde com vários movimentos, entre eles a Mensagem de Fátima e os Cursilhos de Cristandade, às 15h00. As 17h00 a Missa será presidida pelo bispo de Angra e durante a celebração serão ordenados dois novos diáconos, os seminaristas Jacob Vasconcelos e Nelson Pereira, naturais das ilhas das Flores e da Terceira, respetivamente, alunos do sexto ano do Seminário Episcopal de Angra.

A ordenação dos dois diáconos culmina um conjunto de celebrações que o Santuário vive particularmente neste dia consagrado a Nossa Senhora.

O Santuário, que assinala o seu 29º aniversário e 13 anos da reinstalação da Confraria de Nossa Senhora da Conceição, conta agora com dois sacerdotes: o reitor, Cónego Francisco Dolores e um vigário paroquial, que é o sacerdote diocesano mais novo a paroquiar nos Açores, o Pe Pedro Lima.

O culto de Nossa Senhora da Conceição é um dos mais antigos em Angra do Heroísmo. A primeira igreja de Angra que lhe é dedicada é mandada construir em 1470, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição que o sismo de 1980 haveria de destruir.

Com a reabertura do templo reconstruído, no momento em que se celebrava o Ano Episcopal Mariano, o pedido de elevação da Igreja de Nossa Senhora da Conceição a Santuário Mariano foi feito nesse mesmo ano de 1987 pelo pároco da altura, Pe Adão Teixeira, benesse que foi concedida ainda no mesmo ano pelo Bispo de Angra, D. Aurélio Granada Escudeiro.

Desde então é um importante santuário de peregrinação na ilha Terceira, tendo sido seus reitores os Padres Adão Teixeira, João Maria Mendes, Jorge Mendonça e, atualmente, Francisco Dolores.

De referir, que foi aqui que se realizou o primeiro Encontro de Santuários Marianos Portugueses, em Novembro de 2003, altura em que renasceu a Confraria de Nossa Senhora da Conceição, criada em Dezembro de 1717 mas que no inicio do Século XX haveria de perder importância.

DL/IA