A Direção da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, na sua reunião do dia 28 de julho, procedeu à análise de vários assuntos de interesse para a atividade empresarial.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, foi manifestada preocupação com os últimos acontecimentos, que colocam em questão a sustentabilidade operacional da Azores Airlines, para além da sua sustentabilidade financeira.

Para a CCIPD, as situações que têm ocorrido têm tido um forte impacto e consequências negativas na imagem da Região e da empresa, em especial no mercado norte-americano, mas também no nacional.

Por outro lado, também foi analisada a situação de congestionamento de veículos, que se tem vindo a agravar, em áreas emblemáticas de pontos turísticos de S. Miguel, nomeadamente: a Lagoa do Fogo, Sete Cidades, Caldeira Velha e Furnas. Assim sendo, a CCIPD defende que estas situações carecem de soluções inadiáveis, por colocarem em questão a imagem de quem visita esta ilha.

A CCIPD reitera a posição, tomada em pareceres emitidos oportunamente, sobre os Planos de Ordenamento das Bacias Hidrográficas das Lagoas das Furnas e das Sete Cidades, defendendo a importância da regulamentação do uso das áreas das respetivas bacias hidrográficas, propondo, nomeadamente que as mesmas sejam consideradas como parques naturais e apresentando, para cada uma delas, um conjunto de propostas em termos da sua utilização, obras a realizar, requalificação, estacionamento, circulação de viaturas etc.

Finalmente, foi analisada a situação do ensino profissional nos Açores, que consideram ter vindo a ser continuamente subvalorizado, principalmente com a concorrência feita pelo ensino regular, o que tem contribuído para a sua degradação.

DL/CCIPD

Share