O Indicador de Atividade Económica (IAE), que retrata o estado geral da economia, registou em fevereiro um crescimento próximo de dois por cento nos Açores, confirmando que a economia regional continua a registar sinais positivos.

Segundo o executivo regional, de registar que a taxa de crescimento estimada para o Produto Interno Bruto (PIB) dos Açores em 2016 foi também de dois por cento, em aceleração relativamente aos dois anos anteriores.

Em 2014, a taxa de crescimento do PIB foi de 0,7 por cento e, em 2015, de 1,7 por cento.

Além de fatores como a sazonalidade e a variação do PIB – indicador que reflete a produção de riqueza -, o cálculo do IAE divulgado pelo Serviço Regional de Estatística (SREA) considera diversos dados estatísticos, designadamente as séries relativas a “Leite entregue nas fábricas”, “Gado Abatido”, “Pesca Descarregada”, “Produção de Energia”, “Produção de Produtos Lácteos” e “Consumo de Energia na Indústria”.

São também consideradas as estatísticas referentes a “Venda de Cimento”, “Empregados na Construção Civil”, “Passageiros Desembarcados Via Aérea”, “Dormidas nos Estabelecimentos Hoteleiros”, “Empréstimos Bancários”, “Prédios Transacionados” e “Levantamentos Multibanco”.

DL/Gacs