Poesia

Back to homepage
Poesia

Provérbios por João Silvério Sousa

PROVÉRBIOS »POR« JOÃO SILVÉRIO SOUSA Busca a sabedoria todos os dias da tua vida E serás por todos respeitado. Se andares em bons caminhos Ninguém se afastará de ti. Se

Poesia

Poesia: O Caloteiro

1 Um certo caloteiro andava Por todos os cafés locais Procurando quem o dava Fiado para nunca mais. 2 Bebia vinho aos potes Sempre cheio de alegria Pregava muitos calotes

Poesia

Poesia: Os Romeiros nos Açores

1 Venho estas quadras versar Transformá-las em flores Para vos poder falar Dos romeiros dos Açores. 2 Se a memória não me engana Então digo sem ter engano Que eles

Cultura Poesia

Poesia: “A Tua Cara-Metade”

1 Quem procura sempre encontra Diz o antigo e é verdade Pelo vidro de uma montra Viu minha cara-metade. 2 Muito sério mas feliz Numa jogada de artista Lembrei-me que

Poesia

Poesia: Ano novo 2016

1 No início deste novo ano Com toda a minha honestidade Desejo a todo o açoriano Saúde e felicidade. 2 Que Deus tenha compaixão Para saímos deste vai vem Que

Poesia

Poesia: O Natal Aproxima-se

1 Se é que bem me lembro Essa história sem igual A vinte e cinco de Dezembro Vem a festa do Natal. 2 Todos esperam com amor Um Natal com

Poesia

Poesia: “As palavras o que são”

Certo poeta ao meditar pensou Em palavras de amor Em palavras de carinho Em palavras que num todo Se junta a um trilho a um caminho. Palavras que criam amor

Poesia

Poesia: “Orando a Deus”

A oração da manhã Ao abrir os olhos á luz Devemos abrir o coração E, dar graças a Jesus! Agradecer pela noite que nos deu Dormi na paz do senhor

Poesia

Poesia: “São Martinho”

1 Depois da vindima linda Que é feita com carinho Essa é altura melhor ainda Tempo de provar o vinho. 2 Tempo de abrir a cartola Tempo de fazer a

Poesia

“Cantigas ao Desafio” – José Gouveia (Rosário) e João Silvério (Santa Cruz)

1 – Gouveia Vou meu coração abrir Hoje para qualquer Pessoa Para me fazer ouvir No concelho da Lagoa. 2 – Silvério Mostra as tuas maravilhas Canta pro povo com

Poesia

Poesia: “As Vindimas”

1 Naquele tempo de criança Levava um ano a esperar Sempre naquela esperança De um dia ir vindimar. 2 Aos sete Anos, comecei Junto a minha mãe vindimava Lembro-me que

Poesia

Poesia: “Nossa Senhora dos Anjos”

1 Quando preparava os arranjos Para estas quadras versar, Lembrei-me da senhora dos anjos E tive mesmo que a visitar. 2 Pus-me a caminho com alegria Para Água de Pau

Poesia

Poesia: “Jesus e João no Jordão”

1 João no Jordão baptizava Era o ministério dele, Jesus a João se aproximava Para ser baptizado por ele. 2 João falou alto aos judeus Com voz doce e amor

Poesia

Poesia: “As Santas do meu Concelho”

1 As Igrejas fui visitar Porque delas senti saudades, Por Atalhada fui começar E também para rezar À Senhora das Necessidades. 2 Sempre com muita alegria Rezei por aquilo que

Poesia

Poesia: “Um velho abandonado”

1 Certo velhinho andava Com um cajado na mão À procura de quem o dava Um pouco de roupa e pão. 2 Sua história me contou E pediu-me para a

Poesia

Poema: “O Pescador”

1 Pescador honesto e forte Esta é a tua profissão Lutas entre a vida e a morte Por vezes com azar ou sorte Para ganhares o teu pão. 2 Deixas