Laboratórios e farmácias poderão colaborar no Plano Regional de Saúde

O Secretário Regional da Saúde pretende que os laboratórios de análise privados e as farmácias dos Açores possam colaborar na recolha de dados clínicos destinados aos programas de vigilância integrados no Plano Regional de Saúde.

Segundo Luís Cabral, ficou assente na audiência com o Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos realizada em Angra, o estabelecimento de parcerias no sentido de as farmácias e os laboratórios de análises passarem a recolher dados relativos à tensão arterial e realizar testes de controlo de diabéticos e de doentes anticoagulados.

De acordo com o que ficou estabelecido, os resultados serão enviados eletronicamente para a base de dados clínicos do Serviço Regional de Saúde.

Deste modo, os médicos de família podem ser notificados destes indicadores e tomar as necessárias diligências relativamente às pessoas em causa. Os mesmos dados serão integrados nos programas de vigilância e acompanhamento previstos no Plano Regional de Saúde.

O Secretário da Saúde disse também que durante o mês de janeiro foram efetuados pagamentos às farmácias e aos laboratórios estando, agora, as situações regularizadas.

DL/GaCs

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*