Veteranos são continuidade para quem já vestiu a camisola fabril

futebol-veteranos-operario

A equipa de veteranos do Clube Operário Desportivo tem por objetivo ter no seu plantel, a maioria atletas que tiveram algum vínculo ao clube.  Segundo Paulo Eduíno, o presidente dos Veteranos do Operário, esse é o primeiro objetivo, mas nem sempre é possível.

Os veteranos do Operário têm vindo a participar em várias provas, atualmente a equipa participa no Campeonato Rádio Atlântida, prova da Associação Desportiva de Veteranos da Ilha de São Miguel.

Como a maioria das equipas de veteranos, também o Operário sobrevive do apoio dos próprios jogadores, que arcam com as despesas da equipa.

Embora pertençam à família do Clube Operário Desportivo, a equipa de veteranos tem estatutos próprios, numa associação que no próximo dia 28 de fevereiro faz três anos.

Os veteranos de Operário têm igualmente intercâmbios com outras equipas de veteranos, desde o continente português, Madeira e Canadá. Em análise está um convite para, em setembro deste ano, os veteranos poderem participar num torneio no norte de Portugal.

A Associação de Veteranos do Clube Operário Desportivo além da vertente desportiva tem igualmente a vertente social. Paulo Eduíno refere que, por exemplo por altura do natal, a associação oferece alguns cabazes de Natal, numa respetiva de ajudar quem mais precisa.

O responsável fez ainda um balanço positivo dos vários anos de atividade da equipa, sendo a persistência do clube e a vontade dos jogadores notório no dia a dia.

DL

Categorias: Desporto

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*