Fotogaleria: Encontro “O turismo em diálogo com o património religioso”

Clique na imagem para ver as fotos

Este ano, e por decisão do Parlamento Europeu, comemora-se o Ano Europeu do Património Cultural, e como é conhecida a relação existente entre cultura e turismo, para assinalar o Dia Mundial do Turismo, a Coleção Visitável da Matriz de Lagoa, em parceria com o Serviço Diocesano para os Bens Culturais da Igreja, promoveu o Encontro “O turismo em diálogo com o património religioso”.

Dado que nos últimos anos há um crescente debate sobre a conexão entre turismo e património religioso, o Encontro “O turismo em diálogo com o património religioso” tem como principais objetivos promover uma reflexão acerca do impacto do turismo no património religioso, partilhar ideias e experiências em torno desta temática, debater os desafios e obstáculos no acesso do turismo ao património religioso, bem como, compreender a influência do património religioso como meio de evangelização junto do turismo. Se por um lado, denota-se um forte impacto do turismo a nível mundial, por outro, e considerando a crescente importância do património religioso como fonte inesgotável de fruição espiritual e cultural, e um dos principais recursos turísticos a nível mundial, turismo e património religioso encontram-se em estrita ligação para a evangelização.

Para tal, a organização propõe uma abordagem com vários especialistas, com experiências igualmente distintas, que diariamente convivem com diversas situações neste ramo.

Foram oradores: Rute Gregório, Professora Auxiliar da UAc eDiretora do Serviço Diocesano dos Bens Culturais da Igreja (“Património da Igreja: conhecer e salvaguardar”); Helena Castanho, Gestora Turística-hoteleira (“O Turismo Religioso e os Açores”); Serafina Silva, Guia-intérprete de uma Operadora Turística (“ Património religioso: uma porta fechada?”); Pe. Hélio Soares, Pároco e Membro do Serviço Diocesano dos Bens Culturais da Igreja (“A evangelização através do património religioso: dificuldades e desafios das paróquias”). O moderador foi Igor Espínola de França, Coordenador da Área de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Lagoa.

Categorias: Cultura, Social

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*