Grupo Oriental deverá ser o menos afetado pela tempestade “Helene”

Segundo o último comunicado do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, às 09:00 (hora dos Açores), o centro da tempestade tropical Helene localizava-se a 374 km a WSW das Flores.

O ciclone HELENE, desloca-se em direção a NNE com uma velocidade de cerca de 35 km/h, devendo infletir a sua trajetória em direção a NE a partir da noite de sábado.

Assim e, de acordo com a trajetória prevista até esta hora, o Helene deverá passar muito perto ou sobre o Grupo Ocidental, na noite de sábado/madrugada de domingo, com uma probabilidade elevada (superior a 90%).

Neste momento, a aproximação desta Tempestade Tropical já se faz notar com a ocorrência de alguma precipitação e um ligeiro aumento da intensidade do vento e da agitação marítima.

Para o Grupo Ocidental mantém-se a previsão de precipitação forte, vento com rajadas até 150 km/h e agitação marítima que poderá atingir os 8 a 12 metros.

No Grupo Central deverá também verificar-se um agravamento do vento, precipitação e agitação marítima, mas com menor intensidade.

O Grupo Oriental deverá ser o menos afetado pela tempestade.

Ainda segundo o IPMA, é esperado que durante o dia de Domingo, dia 16, esta tempestade passe a pósropical/extratropical devendo continuar a sua trajetória para nordeste, afastando-se do arquipélago.

DL/IPMA

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*