Processo negocial com Sindicatos deverá estar fechado em breve

O Secretário Regional da Saúde garantiu que o processo negocial sobre o acordo coletivo de trabalho com o Sindicato Independente dos Médicos estará fechado ainda no decorrer deste verão.

Rui Luís falava após encontros com os dirigentes do Sindicato Independente dos Médicos e do Sindicato Nacional de Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica.

“No que respeita à redução para 1500 utentes por médico de família, há uma compreensão por parte do Sindicato de que nos Açores enquanto não tivermos o número de médicos de família suficientes, a aplicação de uma medida destas iria agravar o número de utentes que não têm médico de família, e, portanto, há aqui um compromisso mútuo no sentido de tentarmos criar um calendário para negociar uma redução gradual” explicou o Secretário Regional.

O titular da pasta da saúde adiantou que relativamente à carência de médicos de família nos Concelhos de Ponta Delgada e Ribeira Grande, Angra do Heroísmo e Praia da Vitória têm sido abertos vários concursos de recrutamento para o efeito e estão em formação médicos internos, acrescentando também que está a ser feita uma atualização das listas, porque o número de utentes inscritos nos centros de saúde é superior à população.

Em abril, teve início um processo negocial entre o Executivo regional e os sindicatos da área da saúde, para analisar as condições de trabalho e os acordos coletivos.

Do encontro com o Sindicato Nacional de Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica saiu o compromisso de os trabalhadores com contrato individual de trabalho verem contemplados a passagem das 40 para as 35 horas semanais, à semelhança do que acontece com os enfermeiros.

DL/Gacs

Categorias: Regional, Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*