Lagoa recebe formação “Re…pensar o ensino da matemática”

O auditório do Nonagon – Parque de Ciência e de Tecnologia de São Miguel, recebe até esta quarta-feira, dia 11 de julho, a 7ª edição do ciclo de eventos “Re…pensar o ensino da Matemática: dinâmicas de promoção do sucesso escolar”, que acontece pela primeira vez no concelho de Lagoa.

Segundo o Diretor Regional da Educação, esta é uma formação muito importante, tratando-se de um encontro de educadores e professores do primeiro ciclo, ligados ao projeto Prof DA, sendo que este ano o encontro já se realizou na ilha das Flores, agora em São Miguel e no final desta semana decorrerá na ilha de São Jorge.

José António Freire adiantou que “trata-se nem mais do que ver efetivamente o que se pode fazer de diferente e este projeto tem desenvolvido muita coisa diferente”.

O governante recordou que existe uma equipa de professores a trabalhar neste projeto, e o mais importante são os resultados alcançados. “Na avaliação interna e externa tem desenvolvido práticas diferentes dentro das salas de aula”.

Atualmente com incidência no terceiro ano, existem já dados satisfatórios no primeiro e segundo anos, sendo agora esperados igualmente positivos no final do terceiro ano, adianta José António Freire.

Falando na abertura do evento, o Presidente do Conselho Executivo da EBI de Lagoa, escola anfitriã do evento, mostrou-se agradado com o facto de a Lagoa receber esta formação, sendo a organização partilhada com a EBI de Capelas.

Manuel Rodrigues destacou ainda a entrega e devoção dos Prof DA, não esquecendo o papel importante da autarquia que tem sido parceiro incondicional na educação e na promoção do sucesso escolar do concelho.

Um evento que se reveste de muita importância onde os intervenientes terão oportunidade de refletir sobre novas dinâmicas de promoção do sucesso escolar no contexto do ensino-aprendizagem da matemática.

Manuel Rodrigues recordou que o “caminho faz-se caminhado”, estando criadas todas as condições para que o trabalho seja profícuo e os resultados os desejados.

A Câmara Municipal de Lagoa associou-se igualmente a este evento, tendo recordado a vereadora, Albertina Oliveira, que “é dever dos governos, garantir um sistema educativo adequado à realidade, pugnando assim pelo sucesso escolar de todos, sem exceção. Nesse sentido, a Câmara Municipal de Lagoa tem sido parceira das suas escolas e continuará com esta relação institucional e de cooperação, por considerar a educação essencial para o futuro dos jovens lagoenses e para o desenvolvimento da nossa sociedade”.

Nos últimos anos, a autarquia lagoense teve uma preocupação acrescida no âmbito da educação, adotando e redefinindo várias medidas, especialmente com o compromisso de continuar a investir na educação, desde logo com a implementação de sessões de Educação Política e para a Cidadania, com a adesão do município à Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) e a colaboração na implementação do ProSucesso.

Esta formação, tem um total de 18 horas, dividida por três dias, tem como formadores Alda Carvalho, do ISEL & CEMAPRE de Lisboa, Carlos Pereira dos Santos do CEAFEL & CST de Lisboa, assim como Ricardo Cunha Teixeira da NICA da Universidade dos Açores.

O objetivo da formação é o de promover a necessária divulgação e reflexão sobre as nova estratégias da aprendizagem da Matemática. Uma iniciativa inserida no âmbito do Programa ProSucesso – Açores pela Educação, pretendendo capacitar os docentes nesta área, de modo a articular a Educação Pré-Escolar com o 1º e 2º cliclos do Ensino Básico, para os restantes níveis de ensino.

Repensar o ensino da Matemática é o tema central deste evento, em que se pretende refletir sobre a abordagem de novas estratégicas para a aprendizagem desta disciplina. Estas estratégias têm sido implementadas no contexto da oficina “Matemática Passo a  Passo: Estratégias de Superação de Dificuldades para o 1º Ciclo do Ensino Básico e são baseadas em estudos provenientes das neurociências cognitivas e inspiradas em casos de sucesso do ensino de matemática no mundo, como são exemplos da Finlândia e Singapura.

DL

Categorias: Educação, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*