Avelino Meneses reafirma compromisso do Governo dos Açores com a classe docente

O Secretário Regional da Educação e Cultura reafirmou o compromisso assumido em novembro com as estruturas sindicais sobre a aplicação nos Açores da solução que “viesse a ser encontrada” a nível nacional relativamente à recuperação do tempo de serviço dos docentes.

“Em novembro passado, eu próprio, o Vice- Presidente e o Presidente do Governo Regional, assumimos o compromisso perante os dois sindicatos representativos dos professores que faríamos aplicar nos Açores a solução que viesse a ser encontrada a nível nacional”, afirmou Avelino Meneses.

O titular da pasta da Educação, questionado pelos jornalistas durante a apresentação do projeto base das novas instalações da Escola Básica e Integrada dos Arrifes e após se ter disponibilizado para ouvir uma representação dos professores que se manifestaram à porta da escola, salientou estar “convictamente convencido” de que esta é “uma das melhores garantias” de que os professores dos Açores ficarão numa posição de “privilégio” em relação aos docentes do resto do país.

Para o Secretário Regional, os professores dos Açores já viram recuperados mais de dois anos de tempo de serviço, correspondentes ao período de 2005 a 2007, e, além disso, o Estatuto da Carreira Docente na Região “é, de facto, o mais favorável do país”.

A carreira docente nos Açores “é uma carreira livre, não conhece barreiras, não tem quotas, coisa que acontece com os professores do continente”, frisou.

Por outro lado, Avelino Meneses salientou que a “solução de alinhamento” com o Governo da República nesta matéria “coloca os professores dos Açores em vantagem” relativamente aos seus colegas do continente.

DL/Gacs

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*