Conselho Regional de Bombeiros reuniu para analisar desafios futuros

Segundo o Secretário Regional da Saúde o novo modelo de financiamento das associações humanitárias de bombeiros e a regulamentação das condições de trabalho das corporações são pilares das políticas de Proteção Civil para 2018.

Rui Luís, que falava à margem da reunião do Conselho Regional de Bombeiros, adiantou que o grupo de trabalho que está a estudar o modelo de financiamento das associações apresentará em breve uma proposta concreta, recordando que este grupo de trabalho envolve, entre outros, a Federação de Bombeiros e os municípios.

O encontro destinou-se a fazer um balanço da atividade de 2017 e uma reflexão sobre os desafios que se colocam às associações de bombeiros.

A aquisição de equipamentos e os investimentos em infraestruturas também estiverem em análise neste Conselho Regional de Bombeiros, durante o qual os representantes das associações e comandantes também analisaram o regulamento de funcionamento do Serviço de Suporte Imediato de Vida, bem como a portaria sobre o transporte terrestre de doentes, que irá sofrer um aumento durante este ano.

Neste encontro de auscultação aos parceiros da Proteção Civil participaram 40 representantes de todas as associações humanitárias e comandos de bombeiros dos Açores.

O Conselho Regional de Bombeiros é um órgão consultivo que reúne uma vez por ano, sendo constituído pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, Federação de Bombeiros dos Açores e pelos representantes e comandantes das Associações Humanitárias de Bombeiros.

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*