Alunos pintam mural em fachada de uma casa em ruínas anexa à Casa do Romeiro

A paróquia de Santa Cruz, a Escola Secundária de Lagoa e a Câmara Municipal de Lagoa juntaram as suas vontades e criaram um mural numa fachada de uma casa em ruínas anexa à Casa do Romeiro.

A localização sugerida pelo Pe. Nuno Maiato enquadrava-se na intenção que a Câmara Municipal tinha de conferir maior visibilidade ao núcleo museológico existente na sede do Movimento de Romeiros de São Miguel,  lê-se numa publicação da Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira.

A Escola Secundária de Lagoa correspondeu ao convite para colaborar e o professor e artista plástico Victor Almeida e os seus alunos do 9º H desenvolveram a ideia que assinala o local. Ficou provada a vantagem que a colaboração de diversas entidades confere ao desenvolvimento da comunidade e, paralelamente, foi restituída dignidade a uma fachada degradada da freguesia.

Segundo refere a mesma publicação, fica agora mais fácil identificar o local e visitar as exposições lá patentes ao público.

DL/BMTBV

Categorias: Educação, Local, Religião

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*