Autarquia lagoense levou ciência às escolas

A Câmara Municipal de Lagoa apoiou o projeto “Clubes de Ciência”, num valor superior a 5000 euros, desenvolvido no ano letivo 2017/2018, pelo Centro de Ciência – Expolab.

O projeto teve como principal objetivo a criação de um recurso complementar de aprendizagem tendo por base a experimentação e a promoção de uma cultura cientifica, estimulando a curiosidade, a formulação de perguntas, a pesquisa e a verificação sobre os porquês dos “fenómenos” do quotidiano.

Para a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, citada numa nota de imprensa enviada às redações, “este projeto permite apostar numa vocação tecnológica e científica dos jovens estudantes lagoenses, que serão os acionistas, futuros, do concelho. Desse modo, a Lagoa distingue-se dos outros concelhos da ilha de São Miguel, por incutir e despertar o interesse dos mais jovens por essas áreas específicas”.

Para além de promover o desenvolvimento de novas competências nas ciências e tecnologias, as atividades extracurriculares são fundamentais na integração dos jovens, sendo que, a formação de grupos de aprendizagem é importante na medida em que motiva os jovens a serem mais cooperativos na vida em sociedade.

Os Clubes envolveram alunos do 2º ciclo da EBI de Lagoa e Água de Pau, bem como do 1º ciclo inscritos no CATL- O Borbas, perfazendo cerca de 160 participantes.

O projeto quinzenal decorreu, maioritariamente, no Expolab, onde foram desenvolvidas atividades de ciências experimentais e tecnologia, nomeadamente: laboratórios; oficinas Do’ing; ações de educação ambiental e promoção de vida saudável; oficinas de programação e robótica; saídas de campo e visitas de estudo.

De modo a dar a conhecer aos familiares, amigos, professores e público em geral, o trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo, irá decorrer, no dia 16 de junho, entre as 14h00 as 18h00, a Feira dos Clubes de Ciência.

Na Feira, os alunos abrangidos por este projeto e a turma de química do 12º ano da Escola Secundária de Lagoa, irão dinamizar um conjunto de atividades de ciência e tecnologia (laboratórios, oficinas, demonstrações de robótica), numa tarde de diversão e partilha de conhecimento, onde os “cientistas júnior” serão os protagonistas.

No mesmo evento, pelas 15h00, haverá a inauguração da exposição fotográfica “Ilhas atlânticas” de Paulo Henrique Silva e, pelas 16h00, uma breve cerimónia de entrega de certificados aos alunos inscritos nos clubes de ciência.

DL/CML

Categorias: Educação, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*