Investimento em prevenção primária em oncologia é fundamental nas regiões insulares

O Secretário Regional da Saúde destacou o investimento feito nos Açores em programas de rastreio oncológicos, numa aposta em prevenção primária que é adequada à realidade arquipelágica.

O governante, que falava à margem de uma mesa redonda sobre ‘Insularidade e Investimentos em Oncologia’, no âmbito das Jornadas de Radioncologia, promovidas pela Joaquim Chaves Saúde, destacou a importância da prevenção, do diagnóstico, do tratamento e do acompanhamento dos doentes oncológicos.

“Na última reunião do Conselho Consultivo de Combate à Doença Oncológica foi analisada uma proposta de criação de uma Rede de Referenciação Oncológica, havendo abertura por parte da Direção Regional de Saúde, pelo que penso que, muito em breve, teremos uma ferramenta importante para melhorar as condições de diagnóstico dos doentes oncológicos“, adiantou.

Rui Luís referiu ainda que também já estão a ser elaborados protocolos de abordagem comum entre os três hospitais da Região, no que se refere ao diagnóstico da doença oncológica, ao seu tratamento e seguimento.

Relativamente à radioterapia, o titular da pasta da Saúde manifestou satisfação com os resultados obtidos, acrescentando que o facto de a radioterapia ter surgido nos Açores, para além da melhoria nas condições de tratamento dos utentes, também potenciou as reuniões clinicas multidisciplinares, onde a radiooncologista está presente, em conjunto com os diferentes médicos especialistas.

No âmbito da prevenção da doença oncológica, Rui Luís destacou também a importância da aplicação dos planos de ação para a redução do consumo de álcool e tabaco nos Açores, bem como o fomento de uma alimentação saudável e a prática de exercício físico.

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*