Açores assinalam Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus

A Direção Regional da Cultura, através dos seus Serviços Externos, associa-se às comemorações do Dia Internacional dos Museus e da Noite Europeia dos Museus, que se celebram a 18 e 19 de maio, tendo como tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.

O ICOM – Conselho Internacional dos Museus, escolheu este tema para as comemorações deste ano, salientando que “a hiperconectividade é um termo criado em 2001 para designar as múltiplas formas de comunicação dos nossos dias, tais como contacto pessoal (face-to-face), correio eletrónico, mensagens instantâneas, telefone ou Internet”.

Para o ICOM, esta “rede global de conexões torna-se a cada dia mais complexa, diversa e integrada”, pelo quem no mundo “hiperconectado” de hoje, os museus “juntam-se a esta nova tendência”.

Nesse sentido, os museus sob tutela da Direção Regional da Cultura juntam-se a estas comemorações através da realização de atividades destinadas a promover uma aproximação das suas coleções aos diferentes públicos, explorando, de formas diversas e inovadoras, as múltiplas conexões com as comunidades em que se inserem.

Na ‘Blackbox’ do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na Ribeira Grande, realiza-se a 18 de maio, pelas 21h30, o espetáculo “Um ensaio sobre corpos”, da bailarina e coreógrafa Catarina Medeiros.

Este espetáculo resulta da Residência Artística “Arte para Todos”, que decorre desde 1 de março no Centro de Atividades Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, com o objetivo de introduzir a dança e o movimento a pessoas portadoras de dificuldades intelectuais.

Por seu lado, o Museu Carlos Machado, em Ponta Delgada, também se associa a estas comemorações, inaugurando, a 18 de maio, pelas 18h30, no Núcleo de Santa Bárbara, a exposição “Imagem, Identidade e Turismo”, com curadoria de Catarina Melo Antunes.

Com base numa recolha de testemunhos escritos, objetos artísticos, artesanais, iconográficos, audiovisuais e de artes decorativas efetuada no Museu Carlos Machado e junto de outras entidades públicas e privadas, esta exposição pretende mostrar como, em momentos específicos da História dos séculos XIX e XX nos Açores, as condições sociais, políticas e económicas e, sobretudo, culturais, determinaram as construções patrimoniais e identitárias, e como estas se foram transformando em imagens icónicas potencializadas em contexto da atividade turística.

Entre os temas destacados na exposição podem encontrar-se a construção do Porto de Ponta Delgada, a visita régia de 1901 e a criação de sociedades locais que fomentaram a divulgação da ilha como destino turístico, como a Sociedade Propagadora de Noticias Micaelenses, primeiro órgão nacional direcionado à promoção institucional do turismo, em 1899, e a Sociedade Terra Nostra, em 1934.

O Dia Internacional dos Museus, anualmente celebrado a 18 de maio, foi criado em 1977 pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, com o objetivo de promover junto da sociedade uma reflexão sobre o papel dos museus no seu desenvolvimento.

A Noite dos Museus é uma iniciativa criada em 2005 pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França.

Nesta ocasião, os museus portugueses organizam múltiplas atividades, entre as quais espetáculos de teatro e dança, concertos, visitas guiadas e encenadas, convidando os visitantes a usufruírem, em período noturno, de uma experiência diferente e enriquecedora.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*