PSD/Açores defende equiparação dos apoios às equipas femininas pelo uso da palavra ‘Açores’ já na próxima época desportiva

Os deputados do PSD/Açores no parlamento açoriano defendem a equiparação dos apoios atribuídos pelo Governo regional às equipas femininas e masculinas, da mesma modalidade, pelo uso da palavra ‘Açores já na próxima época desportiva. O objetivo é acabar com a discriminação na atribuição destes apoios que visam a promoção externa da Região.

Segundo Mónica Seidi, “a competição desportiva é um dos setores onde, infelizmente, também nos Açores, por vezes, o devido reconhecimento e atribuição dos apoios não obedece a critérios de igualdade, não obstante as mulheres obterem excelentes resultados nas competições em que participam”.

A deputada do PSD/Açores, subscritora do projeto de resolução entregue hoje no parlamento, salienta o caso da atual época desportiva, para a qual os apoios atribuídos através de celebração de contratos-programa com equipas femininas de basquetebol, voleibol e ténis de mesa que disputam os respetivos campeonatos nacionais foi inferior aos apoios atribuídos às equipas masculinas.

A concessão por parte do executivo regional de apoios financeiros aos clubes açorianos que participam regularmente nas provas nacionais de futebol, basquetebol, voleibol, andebol, hóquei em patins, ténis de mesa, futsal e automobilismo, tanto em masculinos como e femininos, está autorizada em resolução do Conselho do Governo de 10 de agosto de 2017 e justificam-se com o contributo que essas equipas dão para a promoção externa da Região.

Na época 2017/2018 beneficiam deste apoio 13 clubes da Região e o atual campeão regional de Ralis, sendo que apenas três são dirigidos a equipas femininas.

DL/GPPSD

Categorias: Desporto, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*