Humanismo e coesão entre povos da União Europeia devem ser defendidos

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas defendeu a salvaguarda dos princípios que estão na origem do projeto de construção europeia, nomeadamente o humanismo e a coesão entre os povos europeus.

O titular da pasta das Relações Externas, que falava esta quarta-feira, dia 09 de maio, no âmbito das comemorações do Dia da Europa, deixou essa mensagem aos jovens e aos Açorianos através dos jovens do Pico e da sua comunidade, frisando o facto de os Açores serem uma região “muito particular” da Europa por ser uma “região ultraperiférica dispersa em várias ilhas”.

Para o Secretário Regional, trata-se de um “desenvolvimento conjugado” entre todos, numa altura em que alguns põem em causa a União Europeia e o futuro deste projeto, “que está a desenrolar-se e continua em construção”.

Na sua intervenção e referindo-se às palavras proferidas anteriormente pela jovem picoense Carlota Ávila, que, juntamente com Inês Ponte, vai representar a Região na sessão nacional do concurso ‘Euroscola’ depois de se terem sagrado vencedoras na sessão regional, Rui Bettencourt falou da importância da alma, da identidade e da cultura que, nos Açores, existem “em pleno” e, no Pico, em particular.

As iniciativas para assinalar este dia também envolveram a realização de uma parada europeia com motivos alusivos à UE e a construção de um mosaico cultural, acompanhados de momentos musicais, além de uma mostra sobre a diversidade dos trajes europeus, elaborada pelos Centros de Convívio.

Nesta quarta-feira foram conhecidos os vencedores do concurso de trabalhos multimédia ‘Património Cultural e Natural’, cujo vídeo foi emitido pela RTP/Açores em horário nobre.

A vencedora foi a equipa da Escola Profissional da Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo, ficando em segundo lugar a Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade, também da ilha Terceira, e em terceiro lugar a Escola Básica e Secundária de Santa Maria.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*