Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz vai lançar o seu segundo CD

O Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz prepara-se para lançar o seu segundo CD, já no próximo dia 19 de maio.

O evento vai decorrer no Auditório Carlos do Carmo, em Lagoa, no Algarve, e decorre no âmbito da recriação das festas do Espírito Santo que decorrerão entre os dias 17 e 20 naquela cidade algarvia, cidade irmã de Lagoa (Açores).

Este novo CD surge num formato diferente, ou seja, será um álbum repartido entre o Grupo de Cantares Fonte Nova (Algarve) e do Grupo de Cantares de Santa Cruz (Açores), também como fora de assinalar os dez anos de genimação entre as duas cidades.

Recorde-se que em abril de 2009, o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz lançou o seu primeiro álbum discográfico, intitulada “Ilhas de Encanto”.

O Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz foi criado em 1996, tendo surgido por iniciativa conjunta de Clemente Cabral Raimundo, Maria da Conceição Ponte, Maria de Lurdes Ventura, Rosa Maria Borges e Durval Sousa Arruda, vindo a 14 de abril de 2000 a dar lugar à formalização do grupo, aquando da sua constituição como associação.

No seu historial, o Grupo já participou em diversos concertos, tendo um repertório variado que o permitiu atuar em várias partes do mundo, nomeadamente na ilha de Santa Maria, na ilha do Pico, nos Estados-Unidos da América, na Ilha da Madeira e no Continente Português, tendo-se deslocado a Coimbra e a Lagoa (Algarve).

De recordar que em abril de 2009, o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz veio a ser condecorado pela Câmara Municipal de Lagoa, com a medalha de mérito, tendo ainda lançado o seu primeiro álbum discográfico, intitulado “Ilhas de Encanto”, a 30 de maio, numa cerimónia que decorreu no Cine Teatro Lagoense.

Há ainda a destacar a participação do grupo em vários programas do Atlântida da RTP Açores, em diversos eventos ocorridos ao longo da ilha de São Miguel.

O Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz tem como diretor Artístico Álvaro Cabral.

DL

 

Categorias: Cultura, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*