Cardeal-patriarca de Lisboa convida a reconhecer o Senhor Santo Cristo em quem sofre

O cardeal-patriarca de Lisboa convidou os peregrinos das festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, que se realiza em Ponta Delgada, a reconhecer a figura de Jesus nas pessoas que sofrem.

“Vejamo-lo da mesma maneira nos nossos irmãos que sofrem, com os quais ele mais se assemelha e mais se identifica. Aí mesmo ele está à nossa espera”, declarou, D. Manuel Clemente, na homilia da Missa a que presidiu no campo de São Francisco, concelebrada pelo bispo de Angra, D. João Lavrador e pela maior parte do clero da ilha de São Miguel.

O cardeal-patriarca recordou, a este respeito, os cristãos perseguidos, sem “liberdade” para celebrar a sua fé, a quem todos os católicos estão unidos em oração e preces.

A intervenção sublinhou o “milagre” da presença de Jesus na história, capaz de levar a vida “onde só havia morte e destruição”.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, que presidiu as estas festas, as maiores que se realizam nos Açores a par das Festas em honra do Divino Espírito Santo, observou que o Senhor Santo Cristo tem sido um “milagre constante e presente” na vida de muitas pessoas, ao longo dos séculos.

A imagem do ‘Ecce Homo’, acrescentou D. Manuel Clemente, representa uma “expressão total”, um “momento desfigurado e transfigurado” da Paixão e da Ressurreição de Jesus.

“O amor de Cristo, o amor de Deus significa dar a vida”, observou.

O presidente das celebrações saudou todos os que chegaram às ruas de São Miguel com os seus pedidos e promessas, sublinhando a devoção ao Espírito Santo, capaz de “transfigurar” a existência humana, que se vive de forma particular no arquipélago dos Açores.

A celebração eucarística foi um dos pontos altos da festa do Senhor Santo Cristo, cuja imagem percorreu as ruas da cidade de Ponta Delgada, ao longo de cerca de quatro horas, uma tradição secular na região que se realiza desde 1700.

DL/IgrejaAçores

Categorias: Religião

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*