Unanimidade dos Lions Clubes de São Miguel pela criação do Distrito Provisório da Macaronésia

Os seis Lions Clubes da Ilha de São Miguel já se manifestaram interessados na continuidade do projeto LIONS MAC como um fator que potenciará um Lionismo de mais Serviço nas ilhas dos arquipélagos do Atlântico Norte. Os últimos Lions Clubes a serem ouvidos sobre o projeto, foram os de São Miguel e de Vila Franca do Campo, em assembleias realizadas em abril.

Fonte do Lions Clube de Lagoa adianta que “os companheiros e companheiras de Ponta Delgada entendem que se trata de uma iniciativa que pode levar à descoberta de novas oportunidades para um Lionismo de maior proximidade, nas regiões insulares, estando assim, a favor de um Lionismo de mais Serviço. Por seu lado, os companheiros e companheiras  de Vila Franca do Campo consideram que o projeto LIONS MAC pode vir a assumir-se como uma mudança de critérios e de atitudes a favor de outras oportunidades de Serviço, salientando também, o seu carácter supra nacional que se pretende que seja inovador no domínio da organização lionística”.

Os seis Lions Clubes da Ilha  de São Miguel interessados numa evolução positiva do LIONS MAC, representam, no seu todo, 151 Lions dos Açores  que estão assim, entusiasmados com a possibilidade de um novo desígnio para o Lionismo exercido nas ilhas.

A mesma fonte adianta que as consultas aos restantes Lions Clubes dos Açores vão prosseguir, tendo em vista um consenso geral sobre este projeto lionístico açoriano.

DL/LCL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*