32 mil portugueses sofrem de estenose aórtica

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) lançou a campanha “Corações de Amanhã”, uma iniciativa de consciencialização para a estenose aórtica que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República. 

“Com esta campanha pretende-se unir esforços entre a comunidade médica, os doentes, cuidadores e familiares, as entidades de saúde e a sociedade civil, para a melhoria da qualidade de vida da população mais sénior, no sentido de promover o diagnóstico e tratamento precoce da estenose aórtica”, explica Rui Campante Teles, coordenador da iniciativa europeia Valve For Life, que promove em Portugal a campanha Corações de Amanhã.

A estenose aórtica é uma doença que se carateriza pelo estreitamento da válvula aórtica, impedindo o correto fluxo sanguíneo para fora do coração. Limitadora das capacidades e qualidade de vida, esta condição afeta cerca de 32 mil portugueses, maioritariamente pessoas acima dos 70 anos.

“Os sintomas da estenose aórtica (cansaço, dor no peito e desmaios) são muitas vezes desvalorizados pelas pessoas, pois podem ser interpretados como sendo próprios da velhice, o que acaba por adiar o encaminhamento para o cardiologista de intervenção. Acreditamos que com esta campanha vamos conseguir promover o conhecimento e compreensão sobre a estenose aórtica e os seus sintomas”, refere Lino Patrício, presidente da iniciativa Válvula para a Vida, também responsável pela campanha.

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular, uma entidade sem fins lucrativos, tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular.

DL/APIC

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*