Governo deve negociar aumento das verbas do POSEI

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, António Ventura, defende que o Governo não deve partir para a negociação das verbas do POSEI “com o objetivo da manutenção do envelope financeiro, mas sim para aumentar os montantes. Seria penalizadora essa fraca ambição, uma espécie de derrota antecipada”, critica.

Intervindo na Comissão Eventual de Acompanhamento do Processo de Definição da Estratégia Portugal 2030, o social democrata considerou que o Ministro da Agricultura “proferiu uma declaração que é contraditória aos ensejos do Governo Regional dos Açores, da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, do PSD e dos próprios agricultores, quando avança que seria realista conseguir a manutenção das verbas”.

Assim, referiu António Ventura, “os Açores têm um défice de cerca de 10 milhões de euros, que é o montante necessário para a regularização dos apoios. E a Madeira necessita de cerca de 5 milhões de euros”, disse.

Para o deputado, “não é aceitável que o governo português, na primeira oportunidade para fazer uma reivindicação profunda e clara sobre o próximo quadro plurianual, tenha enviado à Comissão Europeia quatro linhas e meia sobre as suas RUP”, lamenta.

Uma dúvida “que se estende à posição nacional no POSEI Inter-regiões, uma vez que Portugal tem duas RUP, que são complementares na produção de alimentos, o que já levou à criação de posições próprias, mediante as necessidades particulares de cada uma”, explicou.

DL/GPPSD

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*