Papel do município passa pela dinamização económica, social, desportiva, cultural e turística do concelho

Durante a comemoração do 425º aniversário da elevação de Nossa Senhora do Rosário a freguesia, a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, destacou os importantes projetos realizados e que são exemplo da política que o município tem levado a cabo nesta freguesia.

Desse modo, salientou que o Tecnoparque, “mesmo sendo a obra mais criticada da nossa história, não tenho dúvidas que será o maior elemento de diferenciação da Lagoa, relativamente aos demais concelhos de São Miguel”, sendo revelador e potenciador do interesse em desenvolver a Lagoa e melhorar a vida dos lagoenses.

Por outro lado, um dos objetivos da autarquia passa por “dar o salto em termos comerciais e empresariais” e é nesse âmbito que, a curto prazo, a construção do segundo bloco do Nonagon, será avançada. A mesma irá elevar o nível tecnológico do Parque de Ciência e de Tecnologia de São Miguel, diversificando os serviços existentes e, principalmente, criar mais postos de trabalho e promover a fixação de pessoas.

De salientar que, a obra do Hospital Internacional dos Açores, o primeiro hospital privado da Região, é uma infraestrutura relevante para o desenvolvimento sustentado do concelho de Lagoa, que virá a contribuir para a criação de postos de trabalho e influenciará fortemente a actividade e dinâmica de todo o tecido empresarial da lagoa.

Segundo adiantou,a  autarca, o Tecnoparque reflete uma visão de futuro, por via de investimentos únicos que trarão mais viabilidade, retorno económico, criação de emprego, arrecadação de impostos e novas áreas de negócio, até à data, inexistentes na Lagoa.

Por outro lado, a obra da ciclovia da Lagoa, com candidatura aprovada a fundos comunitários, que ligará o Cruzeiro ao Portinho de São Pedro, será para avançar ainda este ano.

A inauguração, recente, do Gabinete de Desenvolvimento Económico, demonstra que a missão da Câmara Municipal passa por projetar a Lagoa para um novo patamar de desenvolvimento, nomeadamente, gerando a confiança nos investidores e aproximando as empresas locais.

Para a freguesia do Rosário estão previstos um conjunto de investimentos, destacando a pavimentação da rua 25 de abril e as ruas circundantes à igreja, sendo que as questões de ordenamento do trânsito e estacionamento, também estão a ser estudadas.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*