Sofia Ribeiro defende plataforma de denúncias para programas de estágio

A Eurodeputada Sofia Ribeiro defendeu a necessidade de ser implementada uma plataforma de denúncias direcionada aos jovens que se encontrem em programas de estágio. Esta terça-feira, 27 de março, foi aprovado, na Comissão do Emprego e Assuntos Sociais, o Relatório que discute a execução da Estratégia da União Europeia para a Juventude, onde Sofia Ribeiro foi relatora por parte do Partido Popular Europeu (PPE), num trabalho em colaboração com a JSD Açores.

No documento, a Social-democrata alertou para a tentativa de “subversão na implementação de muitos dos programas incluídos na Estratégia da UE para a juventude, colocando, muitas vezes, os jovens em situações precárias”. Para isso, Sofia Ribeiro reiterou a necessidade de se “reforçarem as medidas de fiscalização e monitorização desses mesmos programas no terreno, através da criação de um mecanismo independente, com recursos humanos próprios, afetos à Comissão Europeia”.

Sofia Ribeiro sublinhou ainda “a necessidade de se clarificarem as metas e garantir a transparência nos resultados da Estratégia para a Juventude”, sugerindo que se definam“os objetivos a alcançar pela Estratégia, e que estes possam ser medidos quantitativamente”.

Também no documento, Sofia Ribeiro alertou para a realidade dos jovens provenientes das Regiões Ultraperiféricas, como os Açores, “com especificidades muitas vezes impeditivas do aproveitamento de programas como Erasmus+, Iniciativa para o Emprego dos Jovens e Erasmus para jovens empreendedores”. A Social-democrata pediu, inclusivamente, à Comissão Europeia, que apostasse na promoção deste último programa junto das Câmaras do Comércio, Empresas e Jovens, não descurando o setor primário de atividade.

O documento aprovado na Comissão do Emprego segue agora para votação final na Sessão Plenária de Estrasburgo.

GDPE

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*