PCP defende uma escola pública e democrática

O Deputado do PCP no Parlamento Regional, no âmbito da Petição “Criação de uma escola alternativa nos Açores – Projeto Novas Rotas” destacou a prática do direito à petição é parte activa e integrante da Democracia, acreditando haver interesses em conseguir algo que seja novo, embora nem sempre isso seja a melhor solução para dar resposta aos problemas no sector da Educação.

Para a Representação Parlamentar do PCP o objetivo do Projeto Novas Rotas de respeitar a característica multidimensional de cada indivíduo e de cada aluno, de integrar os conhecimentos, de estimular o pensamento divergente, de produzir conhecimentos ao invés de os transmitir, à partida não parece opções erradas, mas frisou “é preciso conhecer a forma como os pretendem concretizar”.

Para o PCP, havendo interesse da parte dos órgãos de gestão próprios da Escola e das comunidades educativas, não deve colocar entraves, mas sim estimular e apoiar, desde que exista o necessário acompanhamento e estudo a médio prazo, bem como a aceitação por parte dos Pais e Encarregados de Educação.

DL/PCP

Categorias: Educação, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*