Residentes nos Açores com entradas gratuitas em todos os centos ambientais do arquipélago

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo revelou que os residentes nos Açores vão passar a dispor de entradas gratuitas em todos os centros ambientais geridos pela Direção Regional do Ambiente e nas áreas protegidas com visitação controlada.

Marta Guerreiro, que falava durante uma visita ao Monumento Natural da Caldeira Velha, destinada a assinalar a conclusão das obras de beneficiação, adiantou que esta medida será aplicada já a partir de sábado, 10 de fevereiro, neste espaço e generalizada a todos os centros ambientais e áreas protegidas dos Açores a partir de 1 de abril, sendo a validação da residência realizada através do Cartão de Cidadão.

Para a titular da pasta do Turismo, esta medida “faz todo o sentido porque permite que os Açorianos possam beneficiar de todas as vantagens que este desenvolvimento tem propiciado e usufruir, quer de todas as ofertas informativas destes espaços, quer dos serviços que lhes são inerentes”.

O Monumento Natural da Caldeira Velha reabre ao público sábado, 10 de fevereiro, com um novo modelo de gestão e uma nova equipa, depois de concluídas várias obras de beneficiação.

Relativamente ao novo modelo de gestão, a Secretária Regional salientou que “passará a haver um limite de 250 pessoas em simultâneo, com um limite máximo de duas horas para a visitação”, dando nota que, em relação aos preços, é possível adquirir bilhetes para “visitação simples, apenas para visita ao monumento natural, por três euros, ou para visitação completa, que inclui visita e banhos, por oito euros, com descontos para famílias, crianças, seniores e jovens”.

Para o controlo de entradas, Marta Guerreiro afirmou que um sensor já instalado na entrada do espaço permitirá identificar, a cada momento, o número de visitantes que estão na Caldeira Velha, sendo que, “a partir do momento em que esta informação ficar disponibilizada no site dos parques naturais, quem pretender deslocar-se à Caldeira Velha conseguirá perceber, naquele momento, como estará a sua ocupação”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*