Rui Luís anuncia medidas extraordinárias para um possível pico da gripe

O Secretário Regional da Saúde anunciou um plano de contingência para fazer face a um eventual aumento de número de casos de gripe, que passa pelo reforço de consultas e por uma campanha de aconselhamento.

Rui Luís, que falava na apresentação das medidas de minimização da época gripal, salientou que o aumento de consultas em São Miguel e na Terceira se justifica pelo facto de existirem nestas ilhas utentes sem médico de família, enquanto nas restantes ilhas e concelhos do arquipélago a cobertura está assegurada, para além da existência de serviços de urgência permanentes.

Para os utentes com médico de família, estarão disponíveis junto destes e diariamente consultas específicas para doentes com sintomas de gripe.

Rui Luís referiu ainda que o Centro de Saúde de Ponta Delgada vai disponibilizar, neste período, consultas abertas ao fim de semana, no caso de se verificar um aumento do fluxo de utentes nas urgências do Hospital do Divino Espirito Santo.

As medidas extraordinárias agora anunciadas estarão em vigor nos meses de fevereiro e março, época em que se prevê o pico da gripe nos Açores.

Estas medidas incluem também uma campanha de sensibilização e aconselhamento aos utentes.

A Linha de Saúde Açores (808 24 60 24) iniciou há uma semana um procedimento de acompanhamento dos utentes que a ela recorrem com a realização de chamadas de retorno para constatar a evolução do seu estado de saúde, tendo já registado um fluxo de chamadas cinco vezes superior.

O Secretário Regional apelou aos utentes para que, “numa primeira fase, liguem para a Linha de Saúde Açores, a seguir privilegiem o Centro de Saúde e, só por último, recorram às urgências”.

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*