Governo dos Açores vai solicitar à Comissão Europeia transferência de verbas entre medidas do PRORURAL+

 

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que o Governo dos Açores vai solicitar à Comissão Europeia a transferência de verbas entre medidas do PRORURAL+ para as poder aplicar onde há necessidade de reforço, como é o caso dos investimentos na modernização agrícola, para responder melhor às necessidades da agricultura no arquipélago.

O titular da pasta da Agricultura destacou o bom aproveitamento que os fundos do PRORURAL+ têm no arquipélago, nomeadamente com uma taxa de execução de 40%, ou seja, dos 340 milhões de euros do programa, 140 milhões já foram executados e com uma taxa de compromisso próxima de 75%.

À semelhança do que vai acontecer em São Miguel, o Secretário Regional revelou que o Executivo vai assegurar, na Terceira, os encargos com os juros, para que seja adiantado aos agricultores o denominado ‘apoio 1,25 escudos’, que representa nesta ilha mais de 900 mil euros.

Por proposta da Região à Comissão Europeia, o denominado ‘apoio 1,25 escudos’ deixou de ser pago à indústria para passar a ser pago diretamente aos produtores de leite no âmbito do POSEI.

Relativamente ao contraste leiteiro, o governante considerou ser atualmente “um instrumento indispensável” numa exploração que se quer moderna, eficiente e rentável, frisando que, felizmente, na ilha Terceira “tem havido uma grande adesão”.

O Secretário Regional destacou o crescimento da produção leiteira nos Açores, que, em 2017, totalizou 611 milhões de litros, tendo registado na Terceira um aumento de 0,33%.

Aos agricultores terceirenses, João Ponte assegurou ainda que o Governo Regional vai continuar a investir nas infraestruturas agrícolas (água, luz e acessibilidades) e cumprir com os pagamentos devidos ao setor, como é o caso do pagamento da ajuda regional ao prémio ao abate, que representa 1,4 milhões de euros e será paga até abril.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*