Empate com sabor amargo na Lagoa

O Operário empatou, este domingo, a uma bola, na receção ao Olímpico Montijo, em jogo da 18ª jornada do Campeonato de Portugal.

Na partida da Série E, disputada no Campo João Gualberto Borges Arruda, os fabris dominaram mas não souberam aproveitar as oportunidades conseguidas para arrancar uma vitória, tão necessária para a equipa da Lagoa.

O encontro acabou por ter praticamente duas partes distintas, sendo que na segunda parte, a equipa da casa poderia ter alcançado o tão desejado regresso às vitórias.

O objetivo dos fabris para este encontro era vencer, recuperando os pontos perdidos na primeira volta, infelizmente repetiram a mesma pontuação das duas primeiras jornadas da prova. 

Segundo realçou o treinador do Operário, já na sala de imprensa, após o final da partida, a sua equipa esteve bem até aos últimos 20 minutos da partida e quando ficou em vantagem deveria ter tido mais capacidade de manter e controlar o jogo através da manutenção a posse de bola.

André Branquinho aludiu ao facto dos jogadores terem que pensar, no momento atual, mais no coletivo do que no individual, aludindo a um dos lances que poderia ter matado o encontro, altura em que a sua equipa estava a vencer pela margem mínima.

André Branquinho admite que a sua equipa perdeu o controle emocional nos últimos minutos e sofreu um golo dum lançamento lateral “o que não pode acontecer”.

“O Operário precisa de pontos, não precisamos de vitórias ou de empates morais. O compromisso e a atitude da minha equipa foi boa, mas há que ser mais adultos em determinados momentos da partida. Fomos superiores na maior parte do jogo, e é uma pena quando assim é”.

Sem soluções no banco André Branquinho pouco pôde fazer. Ainda tentou mudar um pouco na tentativa de refrescar a equipa e dar mais velocidade nas laterais, mas não conseguiu esse objetivo.

O técnico fabril, apesar do mau momento de resultados é perentório e diz ter a certeza que Operário vai conseguir atingir os seus objetivos.

Com este empate, a equipa da Lagoa faz parte do grupo dos últimos quatro da tabela em igualdade de pontos.

Na próxima jornada, os fabris deslocam-se a Almancil para defrontar a Sociedade Recreativa Almancilense.

DL

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*