Deputado do PCP defende o aproveitamento das potencialidade cinegéticas dos Açores

O deputado do PCP, João Paulo Corvelo, na sua intervenção no âmbito do debate sobre o novo Regime Jurídico da Gestão dos Recursos Cinegéticos e o exercício da caça nos Açores defendeu a recuperação de alguns aspectos positivos da atividade da caça e indicou que se deve potenciar as fantásticas capacidades cinegéticas que a Região possui.

Relembrou ainda a importância de olhar para as diferentes densidades populacionais que as espécies apresentam de ilha para ilha, que exigem medidas e formas de actuação diferentes de local para local, apontando a necessidade da realização de estudos detalhados em cada ilha do arquipélago sobre a população de cada espécie.

O deputado do PCP também defendeu que a prática da caça pode ser uma atividade geradora de maiores fluxos turísticos par a Região em especial na época baixa e com proveniência do estrangeiro, assim se combatendo a sazonalidade turística.

Para finalizar o Deputado João Paulo Corvelo indicou a importância de fomentar o desenvolvimento da caça para os caçadores locais, havendo a necessidade de envolver a sua organização coletiva e a sua tomada de consciência ambiental, bem como ser fundamental que as acções a empreender devem ser rigorosamente planeadas e calendarizadas.

DL/PCP

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*