Arte contemporânea na Lagoa por “Brum Atelier”

O Brum Atelier é um espaço de trabalho da artista Beatriz Brum, partilhado com João Miguel Ramos desde agosto último.

Esta antiga oficina de carpintaria foi transformada em estúdio e espaço de reunião e pretende ser um lugar aberto à criação, apresentação e reflexão para as artes visuais em São Miguel.

Recentemente foi realizado um primeiro “open studio” sendo um convite a conhecerem o espaço e a acompanharem os trabalhos em processo dos artistas Beatriz Brum, João Miguel Ramos e Navi the Character (Ivan Ferreira), que também assina o design de comunicação.

Brum Atelier propõe-se a expor, criar e pensar sobre arte contemporânea no concelho da Lagoa, situado no nº4 da rua das Alminhas.

Em 2018, o Brum Atelier tem o ‘ambicioso’ objetivo de acolher residências artísticas que integrem criadores exteriores à Região.

Segundo Beatriz Brum, trata-se de um espaço simbólico e muito importante porque foi oficina de trabalho do seu avô e depois de seu pai, e agora, duma forma criativa nas suas mãos.

Ao nosso jornal, diz que o objetivo é mostrar o trabalho de uma forma informal, onde os interessados podem ver a arte numa forma evolutiva, algo que não é utilizado nos Açores.

Beatriz Brum quer que o espaço e a Lagoa possam ser uma referência na arte contemporânea e são vários os projetos em mente para 2018. “Tenho muitos trabalhos em mente, quero realizar vários eventos aqui, fazer trabalhos com a comunidade.

Por seu turno, no primeiro evento aberto à comunidade, marcou presença o coordenador da Área da Cultura e Educação da Câmara de Lagoa que, ao nosso jornal, disse ser o um espaço muito gratificante, principalmente criado por jovens, que não esperaram por apoios e tomaram a iniciativa.

Igor França disse ser muito interessante ver este trabalho de “work in progress” (trabalho continuo), muito interessante, com suportes diferentes, trabalhando a questão da contemporaneidade da arte, duma forma tão independente, simples e aguerrida.

DL

Categorias: Cultura, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*