Fazer ciência nos Açores é construir o futuro da Região

Fagundes-Duarte-educação-ciencia-açores

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura defendeu, esta sexta-feira, que “fazer ciência nos Açores é construir o futuro” da Região, destacando a importância de se trabalhar “em rede e em equipa”. 

Luiz Fagundes Duarte, que falava na abertura das II Jornadas Ciência nos Açores, frisou que este trabalho “só será possível fazer-se em rede e em equipa, de modo a que o trabalho de cada um possa ser fator de dinamização e complemento do trabalho dos outros”, acrescentando que, apesar das contingências que resultam este ano da transição entre quadros comunitários, o Governo Regional está “fortemente envolvido neste desígnio”, tendo para o efeito suportado na totalidade o investimento realizado no setor da ciência. 

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura referiu, a propósito, a abertura de três concursos no âmbito do sistema de incentivos ‘Pro Scientia’, contemplando novas áreas não cobertas em 2013, com aumentos de verba na ordem dos 50%, assim como a abertura, na próxima semana, de um novo concurso para a contratação de recursos humanos qualificados, que permitirá aos centros de investigação prolongar até dezembro os contratos com bolseiros. 

Na sua intervenção, frisou também que é intenção do Governo dos Açores abrir, até fins de julho, concursos destinados ao apoio a publicações científicas, com uma dotação de 45 mil euros, e ao funcionamento dos centros de investigação, com um aumento de 50% em relação ao ano anterior. 

Luiz Fagundes Duarte garantiu que o Executivo açoriano está “a trabalhar para que estes valores possam subir no próximo ano, para que a ciência nos Açores se faça com as condições financeiras necessárias”.   

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura avançou ainda que é objetivo do Governo que, no período 2014-2020, os Açores tenham “uma convergência real para o patamar de investimentos em investigação e desenvolvimento a nível nacional e para os objetivos comunitários traçados no Acordo de Parceria Nacional”.

GaCS

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*