Vasco Cordeiro reúne com Jean-Claude Juncker com Política de Coesão na agenda

O Presidente do Governo dos Açores reúne-se quinta-feira, dia 7 de dezembro, em Bruxelas, com o Presidente da Comissão Europeia, um encontro que servirá para Vasco Cordeiro reiterar a Jean-Claude Juncker a importância para as regiões de manter uma Política de Coesão forte no período pós 2020.

Segundo o executivo regional, o futuro da principal política comunitária de investimento nas regiões constituirá, assim, um dos principais pontos da agenda deste encontro entre Vasco Cordeiro, que também preside à Conferência das Regiões Periféricas e Marítimas da Europa (CRPM), e Jean-Claude Juncker, que decorrerá no edifício Berlaymont, sede da Comissão Europeia.

O Presidente do Governo alertou, recentemente, para a necessidade de a Comissão Europeia corrigir, na sua nova estratégia para as Regiões Ultraperiféricas (RUP), a falta de referências à Política de Coesão e às taxas de cofinanciamento dos fundos estruturais para investimentos nestas regiões.

Para Vasco Cordeiro, na sua recente Comunicação ‘Uma Parceria Estratégica Reforçada e Renovada com as Regiões Ultraperiféricas da União Europeia’, seria expetável que a Comissão Junker reafirmasse, de forma clara, alguns princípios nucleares da política comunitária para estas regiões, como é caso do papel central que a Política de Coesão assume para superar as dificuldades específicas e estruturais com que estão confrontadas.

Neste encontro, que decorrerá às 11H00 locais, Vasco Cordeiro será acompanhado por diversos lideres de regiões europeias, nomeadamente de França, Itália, Alemanha e Suécia.

Vasco Cordeiro assume, desde setembro de 2014, a Presidência da CRPM, organização de cooperação inter-regional que integra cerca de 160 regiões de 28 estados europeus, agregando cerca de 200 milhões de cidadãos.

Esta organização tem por missão a defesa dos interesses dos seus membros junto de instituições nacionais e europeias, através da promoção da coesão económica, social e territorial e do poder regional na Europa, bem como do reforço da dimensão periférica e marítima da Europa.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*