“É fundamental que o Governo seja sempre pressionado e escrutinado pela juventude Açoriana”

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares realçou hoje, na Horta, a importância da juventude Açoriana “pressionar e escrutinar” o Governo dos Açores”, acrescentando que o Executivo deseja ter uma juventude “mais participativa, mais ativa, mais comprometida com a construção do futuro da Região”.

Berto Messias, que falava na Assembleia Legislativa, na apresentação das propostas de Plano e Orçamento para o próximo ano, salientou a aposta na participação, lembrando que 2018 será o ano de implementação do Orçamento Participativo Jovem da Região, um mecanismo de “participação cívica e ativa dos jovens dos Açores que, integrado no Orçamento Participativo dos Açores será, com certeza, um importante instrumento de participação para a juventude Açoriana”.

O Secretário Regional afirmou ainda que, “quanto maior for a mobilidade dos jovens dentro dos Açores, maior será a sua predisposição para conhecerem, respeitarem e serem solidários com a realidade das outras ilhas” do arquipélago.

Segundo o executivo regional, por outro lado, sublinhou que será inaugurada em 2018 a renovada Pousada de Juventude de Ponta Delgada, um “edifício icónico, que enriquece e valoriza esta importante rede de infraestruturas e também a oferta turística na Região”.

“Aliada ao Cartão Interjovem, a Pousada de Juventude de Ponta Delgada constitui-se como um importante instrumento de mobilidade interna e um importante contributo para aumentar a coesão na nossa Região”, frisou Berto Messias, relembrando os benefícios recentemente incluídos neste cartão, como a entrada gratuita nos centros interpretativos e nos museus do arquipélago.

No âmbito do estímulo à criatividade, Berto Messias destacou a aposta no novo Labjovem, que, em 2018, “será alargado a todas as escolas dos Açores e subordinado ao tema da Eficiência Energética”.

Na sua intervenção, revelou ainda que será intensificada a parceria com o evento ‘Walk & Talk’, que classificou como “um importante ativo cultural da Região para as novas gerações”.

O lançamento de um plano de educação não formal, denominado Academia J, na Academia da Juventude da Ilha Terceira, e o reforço dos apoios ao associativismo jovem em 2018 foram outros assuntos destacados pelo Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*