Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas distinguido com prémio BIGMAT’17

O projeto do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, da autoria do arquiteto João Mendes Ribeiro e do Gabinete Menos é Mais, de Francisco Vieira de Campos e Cristina Guedes, foi distinguido na categoria “Reabilitação” do prémio BIGMAT’17 International Architecture Award.

Segundo o executivo regional, o prémio BigMat’17 visa distinguir a excelência arquitetónica, favorecendo o diálogo entre as diferentes figuras que participam no setor da arquitetura, em benefício de uma construção de qualidade.

O patrocinador deste prémio internacional é o grupo BigMat International, criado em 1981, com sede no Luxemburgo e presença em sete países europeus, como Bélgica, República Checa, França, Itália, Portugal, Espanha e Eslováquia.

Em 2016, o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas foi galardoado com o Prémio FAD de Arquitetura, considerado o prémio de arquitetura de referência para a Península Ibérica, tendo sido também um dos quatro projetos portugueses premiados na X Bienal Ibero-Americana de Arquitetura e Urbanismo.

Além destes prémios, o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas foi, no ano passado, um dos seis finalistas do prémio internacional de arquitetura do Royal Institute of British Architects (RIBA) e um dos 25 finalistas do 9.º Prémio Europeu de Espaço Público Urbano, uma iniciativa do Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona.

Em 2015, o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas foi um dos 40 candidatos selecionados na lista da Comissão Europeia para o Prémio de Arquitetura Contemporânea da União Europeia Mies van der Rohe.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*