Secundária da Lagoa aposta também na diversificação da oferta formativa

A Escola Secundária de Lagoa (ESL) assinalou, recentemente, o seu XVI aniversário, com uma semana repleta de atividades. No início das comemorações, no âmbito da habitual sessão solene, teve lugar a entrega de diplomas e mérito cívico e académico aos melhores alunos desta escola.

De referir que a atribuição do mérito cívico e académico, distingue os alunos, propostas pelo concelho de turma e aprovados em assembleia de escola, que se distinguem pelos seus feitos, pelas suas ações, pela sua forma de ser, enquanto aluno e enquanto pessoa, no meio escola.

Teve lugar ainda a entrega de prémios ao melhor aluno do 9º ano e do 12º ano, do ano letivo 2016/2017 (patrocinados pela Câmara Municipal de Lagoa). Na ocasião, a Presidente da edilidade, entregou prémios monetários ao melhor aluno do ensino secundário, André Rocha, e ao melhor aluno do 3º ciclo, Diogo Sousa. Cada prémio corresponde a uma verba de 1.000 euros, constituindo, deste modo, um incentivo para todos os jovens deste estabelecimento escolar prosseguirem com os seus estudos.

Em declarações ao Jornal Diário da Lagoa, o Presidente do Conselho Executivo da ESL recordou que o aniversário da escola coincidiu com a 9ª Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, onde “reutilizar e inovar” são palavras de ordem.

“Num tempo em que a sustentabilidade do planeta está na ordem do dia, onde cada um é chamado a ter um papel ativo na adoção de medidas ecológicas no seu dia-a-dia, e onde a escola desempenha um forte papel no incremento de práticas que promovam a preservação da natureza, foi assim decidido fazer uma homenagem ao trabalho desenvolvido por toda a comunidade e em especial pelas coordenadoras do programa eco escola”, recordou Alexandre Oliveira.

Segundo referiu, são 16 anos de serviço onde, a diversidade de iniciativas na escola, tem marcado a sua ação em diversas temáticas na área ambiental.

Na comemoração de mais um aniversário, o Presidente do Conselho Executivo não deixou de falar do trabalho da escola no cumprimento do seu projeto educativo, entendendo que se tem assistido a um melhoramento dos resultados.

No âmbito do Prossucesso, recordou que a escola elegeu a educação pedagógica o caminho a seguir, não sendo um percurso fácil, mas não o fazer, “é hipotecar as possibilidades de ir ao encontro dos alunos, proporcionando condições de trabalho, de formação e de ocupação positiva do seu tempo livre”.

“Quando olha-se para os alunos que são distinguidos, pensamos que o trabalho da escola não acontece em vão, mas não esquecemos os que ainda não conseguiram ter sucesso”, recordou.

Alexandre Oliveira falou igualmente da diversificação da oferta formativa, onde a ESL promove uma oferta diferenciadora de percursos, lembrando que, este ano, abriu o curso de formação técnico profissional de comércio, e no ano transato abriu o curso de técnico de turismo rural e ambiental.

O responsável escolar refere que a escola prossegue assim aposta firme nos cursos vocacionais, onde existem casos de sucessos, fazendo acreditar nesta que é a última oportunidade para alguns alunos conseguirem uma habilitação, que lhes possibilite um projeto de vida diferente.

Falando à margem das comemorações ao nosso jornal, Alexandre Oliveira reforçou ainda que a escola continua a insistir na oferta de atividades extra curriculares diversificadas, ao nível do desporto, cultura, ciência e tecnologia.

Recordou que a escola continua a desenvolver projetos de investigação, continuando a levar a ciência a alunos do primeiro ciclo do concelho e continua a escola na luta pela promoção de igualdade para de oportunidades para todos.

Nesta entrevista, Alexandre Oliveira salientou o facto de a escola premiar os melhores alunos, mas não deixa de evidenciar a existência de alunos com muitas dificuldades, que necessitam de muita ação e apoio da escola, e daí que tem havido essa diversificação da estratégia de apoio, das ofertas extra curriculares, ações que ao longo dos anos têm vindo a sofrer uma evolução.

“Na educação não há receitas milagrosas, e na educação isto e um trabalho sistemático, onde há muito trabalho para fazer pela frente, apesar dos bons resultados que a escola tem alcançado”.

Alexandre Oliveira recordou ainda que, para este ano letivo, existem vários projetos, destacando uma das várias atividades, em colaboração com a Câmara Municipal, na área da ciência, e que foi iniciado no ano transato, que pretende levar a ciência aos alunos do primeiro ciclo.

Há ainda trabalhos ao nível da investigação, em parceria com a Universidade, e muitas outras ações, no âmbito do programa educativo Prossucesso, no interesse de ir ao encontro dos alunos, com forte aposta no ensino vocacional.

DL

Categorias: ESL, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*