Observatório do Atlântico poderá ser alavanca para o desenvolvimento da Economia do Mar nos Açores,

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou que o Governo dos Açores se “congratula” com a criação da comissão instaladora do Observatório do Atlântico, cuja resolução foi publicada hoje em Diário da República.

Gui Menezes, questionado por jornalistas, referiu que a comissão instaladora do Observatório do Atlântico “vai agora avaliar quais as medidas que é necessário tomar e decidir a forma de funcionamento e de financiamento” deste centro.

O Secretário Regional disse ainda que se irá proceder a uma “avaliação da entrada de parceiros, que poderão ser centros nacionais e internacionais, nesta nova instituição”, acrescentando que se irá também decidir “quais as áreas eleitas” para investigação.

Gui Menezes considerou que o Observatório do Atlântico, que terá sede na Horta, “poderá ser uma alavanca muito importante para o desenvolvimento da Economia do Mar e da investigação marinha nos Açores”.

Nesse sentido, apontou as tecnologias e as engenharias marinhas, assim como a biotecnologia marinha, referindo esperar que o Observatório do Atlântico “possa atrair centros nacionais e internacionais nessas áreas que trabalhem em parceria”.

No que respeita à biotecnologia marinha, Gui Menezes defendeu que a Região “tem necessariamente de dar um salto, atendendo ao potencial em termos de recursos”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*