Curso de Iniciação à Metodologia BIM na Gestão e Análise de Sustentabilidade em Projetos de Construção

O Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC) promove, a 4, 5 e 6 de dezembro, a realização de um curso denominado “Iniciação à Metodologia BIM na Gestão e Análise de Sustentabilidade em Projetos de Construção”.

Segundo o executivo regional, este curso destina-se a profissionais de Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC) que procurem conhecimentos de forma integrada no domínio do ‘Building Information Modeling’ (BIM) e queiram ver reforçados os seus conhecimentos sobre os sistemas de informação aplicados de uma forma geral à criação e gestão de projetos sustentáveis.

Nesse sentido, o curso pretende dar a conhecer a metodologia BIM em geral e a suas potenciais aplicações no campo do projeto e da construção e dotar os formandos de competências para iniciar a criação e utilização de modelos tridimensionais paramétricos na elaboração de projetos de pequenos edifícios.

Os sistemas de informação têm vindo a assumir particular relevância na regeneração e recuperação do sector da construção.

Neste contexto, o BIM e os softwares de modelação paramétrica, enquanto metodologia colaborativa de projeto, construção e gestão da construção, têm vindo a afirmar-se como uma ferramenta fundamental e capaz de dar resposta a uma crescente necessidade da otimização de processos, procedimentos e tomada de decisões que atravessa todo o ciclo de vida das construções.

Atualmente, não restam dúvidas de que esta metodologia de trabalho modificará o paradigma de projetar, adjudicar, construir e gerir os projetos e obras, revelando-se essencial a aquisição de conhecimentos nesta inovadora forma de elaborar projetos.

Desta forma, a tecnologia BIM é uma metodologia de trabalho que tem por objetivo a gestão integrada da informação associada a um modelo virtual, acessível a todos os intervenientes num processo de construção, dotando os profissionais da indústria AEC de ferramentas para projetar, planear, construir e gerir os edifícios com mais eficiência.

Deste modo, o BIM surge como resposta para antecipar possíveis conflitos entre as diferentes disciplinas, mitigando riscos em fases iniciais do processo de construção.

Esta metodologia tem, por isso, um impacto direto na redução de custos nas várias fases do ciclo de vida do edifício.

O ano de 2017 representa o momento em que a Europa começa a trabalhar de forma mais consistente na implantação de BIM em cada país.

No ano passado, o Reino Unido declarou-se “país BIM”, este ano será a França e, em 2018, a Alemanha.

Em Portugal, o mais recente concurso lançado pela Infraestruturas de Portugal já obriga a que a proposta seja entregue em BIM.

O Laboratório Regional de Engenharia Civil, no âmbito das suas atribuições de divulgação do conhecimento, considerou, por isso, oportuno promover um curso de formação teórico/prático nesta área.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*