Cristina Calisto homenageada na entrega de prémios monetários aos melhores alunos da ESL

Esta segunda-feira, dia 20 de novembro, no dia em que a Escola Secundária de Lagoa celebrou 16 anos de existência, a Presidente da Câmara Municipal, Cristina Calisto, entregou prémios monetários ao melhor aluno do ensino secundário, André Rocha, e ao melhor aluno do 3º ciclo, Diogo Sousa, referentes ao ano letivo 2016/2017. Cada prémio corresponde a uma verba de 1.000 euros, constituindo, deste modo, um incentivo para todos os jovens daquele estabelecimento escolar prosseguirem  com os seus estudos, bem como mostra como o município assume a educação como primordial e inegável importância para o futuro dos jovens lagoenses, apostando num conjunto de medidas que servem para incentivar, promover e melhorar o sucesso escolar no concelho de Lagoa.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, nesta ocasião, a autarca lagoense, foi agraciada pelo conselho executivo daquela escola e alunos com um pin dourado, pela forma exemplar com que tem apostado na educação e pela colaboração que tem efetivado naquele estabelecimento de ensino.

Na ocasião, a autarca agradeceu e congratulou-se por mais um aniversário daquela escola, sublinhando que “é uma escola de sucesso, uma escola que ganhou estatuto e destaque no panorama educacional nacional e regional”. Mencionou, igualmente, que a Escola Secundária de Lagoa tem proporcionado aos seus alunos um ensino inovador e de qualidade que é motivo de orgulho para a Câmara Municipal de Lagoa e recordou que a edilidade “não é indiferente ao trabalho educativo desenvolvido neste estabelecimento de ensino”, com quem a edilidade mantém “uma salutar relação de cooperação e parceria”, enquadrada nas políticas municipais no âmbito da educação.

Cristina Calisto ainda frisou a importância do Plano Educativo e Cultural que a autarquia dispõe, nomeadamente a promoção de atividades de ensino informal com os alunos do 8.º ano, através de visitas guiadas aos núcleos museológicos municipais, onde serão abordadas temáticas do currículo regional de História, Geografia e Cultura dos Açores; a elaboração de um guião científico que permitirá à área de Informática dos estabelecimentos de ensino conceber um jogo alusivo ao Descobrimento e Povoamento dos Açores, que posteriormente será disponibilizado aos alunos do 8.º ano. A autarquia igualmente pretende dar continuidade às sessões de Educação Política e para a Cidadania, dirigidas aos alunos do 11.º ano, sessões estas que se realizam ao longo do ano letivo e que têm como finalidade desenvolver o espírito crítico e promover a cidadania entre os mais jovens. Por outro lado, é intenção da autarquia prosseguir com a parceria que se iniciou no ano letivo anterior com a execução de manequins da exposição da Casa do Romeiro e conceção do desenho do painel de azulejos para a fachada da Casa do Romeiro, bem como estabelecimento de uma parceria que permita que uma docente de inglês da Escola Secundária de Lagoa lecione Inglês à equipa da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Lagoa e a outros funcionários que se mostrem interessados. A continuação do apoio à Bolsa “Jovens à Descoberta” com a atribuição de bolsas para cultivar o gosto pelas ciências, possibilitando um estágio com tudo incluído, em centros de ciência de excelência e o apoio a atividades desportivas da Escola Secundária de Lagoa serão medidas e cooperações a manter.

Em matéria de educação, realça a mesma nota que, a Câmara Municipal de Lagoa está a cooperar com a implementação do “Programa Prosucesso” nas escolas do concelho, e no caso particular da Escola Secundária de Lagoa, ainda há a destacar  o ensino vocacional, orientado para atividades operacionais com os alunos que estão prestes a chegar aos 18 anos e que ainda não têm a escolaridade obrigatória.

DL/CML

Categorias: Educação, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*